O que é o câncer?

Diferença entre tumor e câncer


Nem todos os tumores são câncer.

Os tumores que não são cancerosos são denominados “benignos” e podem causar problemas como o crescimento em demasia e a pressão em outros órgãos e tecidos saudáveis.

Contudo, eles não podem invadir outros tecidos e órgãos – e é por isso que não realizam metástase, que é o espalhar das células para outras partes do corpo.

Câncer



Câncer é o nome genérico dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento anormal e desordenado de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se para outras regiões do corpo.

O corpo humano é formado por milhões de células que se reproduzem por meio de um processo chamado divisão celular. Em condições normais, esse processo é ordenado e controlado – e é responsável pela formação, crescimento e regeneração dos tecidos saudáveis do corpo.
O câncer se inicia quando as células de algum órgão ou tecido do corpo perdem a capacidade de controlar seu próprio crescimento e começam a crescer desordenadamente.

A ciência que estuda o câncer se denomina Oncologia, e é o oncologista o profissional que trata a doença.
Os diferentes tipos de câncer correspondem aos vários tipos de células do corpo e podem ser agrupados em categorias. São elas:

Câncer que começa na pele ou nos tecidos que revestem ou cobrem os órgãos internos. Existe um número de subtipos de carcinoma, incluindo adenocarcinoma, carcinoma de células basais, carcinoma de células escamosas e carcinoma de células de transição

Câncer que começa no osso, cartilagem, gordura, músculo, vasos sanguíneos ou outro tecido conjuntivo ou de suporte

Câncer que começa no tecido produtor de sangue, como a medula óssea, e provoca um grande número de células anormais do sangue produzidas e entrando no sangue

Cânceres que começam nas células do sistema imunológico

Cânceres que começam nos tecidos do cérebro e da medula espinhal

Ajude o Instituto
Mário Penna

Sua doação pode fazer toda a diferença.

SAIBA MAIS