Ajude o Instituto Mário Penna

"Ontem, recebi minha alta depois de 7 anos de tratamento e acompanhamento dessa ótima instituição e toda a sua equipe."

MITOS E VERDADES – CÂNCER DE PRÓSTATA

20/11/2017 Por: Instituto Mário Penna Categoria: Mitos e Verdades

Conheça alguns mitos e verdades sobre o Câncer de Próstata:

O aumento da próstata tem relação com o câncer. MITO

O envelhecimento e a queda dos índices do hormônio testosterona no organismo do homem são alguns dos fatores que podem contribuir para o aumento da próstata.

Quem já teve algum parente com câncer tem mais chance de desenvolver a doença. VERDADE

A hereditariedade é um dos principais fatores para o desenvolvimento do câncer de próstata. Homens com histórico na família é recomendável fazer os exames a partir dos 45 anos, principalmente parentes de primeiro grau (pai ou irmãos).

O câncer de próstata é o segundo tipo mais comum da doença em homens. VERDADE

É superado apenas pelo câncer de pele. A cada seis homens, um é portador da doença.

Na fase inicial, o câncer de próstata já apresenta sintomas visíveis da doença. MITO

O câncer de próstata não apresenta sintomas na fase inicial, sendo uma doença silenciosa. Sinais de alerta: jato urinário fraco, sensação de que não urinou tudo, presença de sangue na urina ou necessidade frequente de urinar, principalmente à noite.

Homens com afrodescendência têm mais chance de desenvolver a doença. VERDADE

Provavelmente por uma questão genética os afrodescendentes possuem tendência maior em desenvolver a doença e apresentar tumores mais agressivos .

Pacientes vasectomizados têm mais chance de desenvolver o câncer de próstata? MITO

Muitos estudos foram feitos sobre o tema atestando que não existe relação entre vasectomia e o câncer de próstata.

O exame PSA é o suficiente para diagnosticar câncer. MITO

O PSA mede os níveis do antígeno prostático específico na próstata, não o câncer. Para ter um diagnóstico mais completo da saúde da próstata deve-se realizar o exame de PSA, o exame de toque retal e, se necessário e solicitado pelo médico, a biópsia da próstata.

O tratamento do câncer de próstata sempre causa incontinência urinária e afeta a função sexual. VERDADE, MAS…

Cerca de 1 em cada 5 homens tratados de câncer de próstata tem incontinência urinária devido ao tratamento, além de terem a função sexual afetada.Os pacientes mais jovens geralmente evoluem melhor no pós-tratamento. A medicina evoluiu bastante neste contexto e atualmente estão disponíveis tratamentos específicos e mais eficientes para problemas na função sexual e incontinência urinária.

Somente homens idosos podem desenvolver o câncer de próstata. MITO

Todos devem ficar atentos aos fatores de risco como hereditariedade e hábitos de vida, e manter o diálogo com seus médicos para a realização de exames que permitam o diagnóstico precoce da doença.

O preconceito é uma das maiores causas do câncer de próstata. MITO, MAS…

Não há porque os homens não fazerem os exames clínicos para o diagnóstico precoce do câncer de próstata. O exame do PSA é um exame de sangue simples e o toque retal um exame clínico mais simples ainda, sem dor e sem preparo especial. Sendo que, em muitos casos, quando diagnosticado tardiamente, o câncer já se encontra em estágios mais avançados e sem possibilidade de tratamento adequado.

Contribuíram para este conteúdo:
Dr. André Salazar – Urologista do Instituto Mário Penna e
Dra. Reni Cecília Lopes – Gerente Médica do Instituto Mário Penna.

Compartilhe essa notícia: